Getty Images premia com US$ 40,000 fotojornalistas que documentam o impacto da pandemia em suas comunidades

Compartilhe nas Mídias Sociais

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Os ganhadores da série anual Reportage Grant da Getty Images, que cobrem Brasil, Alemanha, Irã, Colômbia, Líbano, Itália, Peru e China, receberam US$ 5.000 cada por seu trabalho que retrata histórias importantes da COVID-19

Getty Images, líder mundial em comunicação visual, anunciou os destinatários do seu programa anual Reportage Grants, este ano premiando oito fotojornalistas com US$ 5.000 cada um por projetos centrados na pandemia da COVID-19. O objetivo da série de doações era apoiar os fotógrafos de todo o mundo enquanto eles trabalham para capturar com segurança o amplo impacto da COVID-19 em suas comunidades.

Os vencedores do Reportage Grant de 2020 são:

— Forough Alaei: baseado em Teerã, o projeto de Forough explora o impacto da COVID-19 e suas decorrentes restrições de viagem ao longo da costa do Mar Cáspio, um destino popular para turismo doméstico e recreação durante os meses de verão. 

— Fabio Bucciarelli: Fabio, do Norte da Itália, continuará a cobertura da pandemia e suas consequências em Lombardia, a região italiana mais afetada pelo vírus. O trabalho de Fabio foca no impacto que a pandemia teve em questões sociais como pobreza e falta de moradia. 

— Florence Goupil: de Cusco, no Peru, o projeto de Florence capta os efeitos da pandemia na comunidade da Ilha de Cantagallo, em Lima, que abriga pessoas do grupo indígena Shipibo-Conibo. O vírus se dissipou na comunidade, com muitos recorrendo às tradicionais medicinas naturais à base de plantas. 

— Diego Ibarra: fotojornalista baseado em Beirut, Diego documenta como a pandemia do coronavírus se cruzou com a atual crise economia e política do Líbano, bem como suas consequências para os imigrantes e comunidades de refugiados do país. 

— Ingmar Nolting: Ingmar, que vive em Leipzig, continua examinando o impacto da COVID-19 na Alemanha. O projeto da fotojornalista registra como a sociedade encontra seu retorno à vida depois do lockdown e a recuperação da economia alemã. 

— Tommaso Protti: o projeto de Tommaso documenta a disseminação da COVID-19 em São Paulo, onde ele vive, e em Manaus, os dois epicentros da pandemia no Brasil. Em particular, seu trabalho observa como a doença afeta as comunidades mais pobres e vulneráveis das duas cidades.

— Nicolò Filippo Rosso: Nicolò, que vive em Bogotá, captura como a pandemia tem afetado os migrantes venezuelanos na Colômbia, onde a medidas de isolamento social os impediram de ganhar a vida e forçaram muitos a voltar à Venezuela.

— Shi Yangkun: em Wuhan, cidade chinesa onde o coronavírus foi descoberto, Shi documenta a recuperação da cidade depois da pandemia, especificamente focando na recuperação física e psicológica dos pacientes da COVID-19 na cidade. 

“Tem sido a nossa missão na Getty Images mover o mundo com imagens desde nossa origem, há 25 anos. Isso é mais importante agora do que nunca, conforme as narrativas visuais têm a habilidade única de captar a disseminação e consequências duradouras da pandemia”, diz Ken Mainardis, Vice Presidente Sênior de conteúdo da Getty Images. “Os vencedores trouxeram visibilidade o impacto pessoal da COVID-19 em diferentes comunidades pelo mundo, chamando a atenção para essas histórias individuais que coletivamente demonstram os impactos globais e de amplo alcance desse vírus devastador”.

As inscrições foram julgadas por um prestigiado painel líder do setor, incluindo:

– Jay Davies, Diretor de Fotografia de Notícias (EMEA), Getty Images

– Mengwen Cao, fotógrafo e Editor de Imagens da ChinaFile

– Nicole Frugé, Diretora de Fotografia do San Francisco Chronicle

– Michael Goldfarb, Diretor de Comunicações da Médicos Sem Fronteiras EUA

– Emanuela Mirabelli, Editora de Fotos da Marie Claire Itália

– Newsha Tavakolian, fotógrafa da Magnum Photos  

Reportage Grants da Getty Images faz parte do programa de bolsas mais amplas da empresa, que desde o início já concedeu US$ 1,7 milhão a fotógrafos e cineastas em todo o mundo. Visite Where We Stand para saber mais.

###

Lista de vencedores e títulos completos do projeto:

— Forough Alaei: COVID-19  Iran’s Hottest Season

— Fabio Bucciarelli: Left Behind

— Florence Goupil: Cantagallo Island: an Indigenous Community Resists with Medicinal Plants Against the COVID-19 Virus.

— Diego Ibarra: The Phoenician collapse: Between the Economical Crisis and Pandemia

— Ingmar Nolting: Measure and Middle: A Journey through Germany during the COVID-19 Pandemic

— Tommaso Protti: Brazil’s COVID-19 Poor

— Nicolò Filippo Rosso:Exodus

— Shi Yangkun: The Many Faces of Wuhan

Redação Negócios Pro Br

Redação Negócios Pro Br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.