Investimento global em venture capital cai cerca de 10% no 2º tri deste ano, aponta KPMG

Compartilhe nas Mídias Sociais

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O investimento global em venture capital, no segundo trimestre deste ano, foi de US$ 62,9 bilhões com 4.502 negócios fechados, apresentando uma leve queda de cerca de 10% se comparado com o mesmo período do ano anterior, quando foram movimentados US$ 69,8 bilhões. Já na comparação com o resultado obtido no primeiro trimestre deste ano, o investimento em venture capital se manteve estável com uma pequena redução em relação aos US$ 63,8 bilhões arrecadados em 5.624 negócios no início do ano. Essas são as conclusões do estudo “Venture Pulse”, da KPMG, que analisa as operações realizadas por esta indústria no mundo.

Para o sócio-líder de Private Equity da KPMG na América do Sul, Ricardo Anhesini, apesar do cenário econômico global incerto, os investimentos continuaram a ser feitos levando em conta as particularidades do momento.
“Esse cenário atípico está levando os investidores de venture capital a reavaliarem se podem precisar investir mais nos próximos trimestres para ajudar as empresas do próprio portfólio ou se optam por investir capital em empresas que estão surgindo e crescendo durante esse cenário de pandemia”, avalia.

Ainda segundo o estudo, a nível regional, os investimentos em venture capital em países das Américas lideraram o investimento no segundo trimestre deste ano, com US$ 35,6 bilhões levantados em 2.354 negócios. Somente os Estados Unidos representaram mais da metade do investimento obtido por esse segmento no mundo durante o segundo trimestre deste ano, com US$ 34,3 bilhões arrecadados em 2197 negócios. A Ásia vem em seguida no ranking, com US$ 16,9 bilhões levantados em 1.011 operações, enquanto a Europa registrou US$ 10,1 bilhões resultantes de 1.062 transações.

De acordo o sócio da KPMG, embora alguns países e territórios estejam reabrindo a economia, os desafios com viagens e negócios internacionais devem continuar por algum tempo, o que deve impactar os investimentos no setor.

“Esse cenário está fazendo com que muitos investidores de venture capital concentrem-se mais em oportunidades nos mercados locais, o que poderá ter um impacto relevante nas empresas em estágio de crescimento e em jurisdições menos maduras, muitas vezes dependentes do investimento internacional”, explica Anhesini.

De acordo com o estudo, os cinco maiores negócios neste trimestre ocorreram nos Estados Unidos e na China. As dez maiores operações mundialmente representaram mais de US$ 9 bilhões em investimentos. A Waymo, empresa de condução autônoma dos Estados Unidos, levantou US$ 3 bilhões em uma rodada de financiamento no maior negócio do trimestre, enquanto a MGI Tech e a Didi Bike, da China, receberam US$ 1 bilhão cada.

“Embora o segmento de venture capital tenha sofrido os impactos da pandemia no primeiro e segundo trimestres deste ano, a expectativa é de que o terceiro período traga ainda mais investimentos, superando os desafios até então impostos pela crise sanitária e apostando no surgimento de novas empresas que apresentem soluções coerentes à nova realidade”, analisa o sócio-diretor de Data & Analytics para Deal Advisory da KPMG no Brasil, Raphael Vianna.


Sobre a KPMG

A KPMG é uma rede global de firmas independentes que prestam serviços profissionais de Audit, Tax e Advisory. Estamos presentes em 154 países e territórios, com 200.000 profissionais atuando em firmas-membro em todo o mundo. No Brasil, são aproximadamente 4.000 profissionais, distribuídos em 22 cidades localizadas em 13 Estados e Distrito Federal.

Orientada pelo seu propósito de empoderar a mudança, a KPMG tornou-se uma empresa referência no segmento em que atua. Compartilhamos valor e inspiramos confiança no mercado de capitais e nas comunidades há mais de 100 anos, transformando pessoas e empresas e gerando impactos positivos que contribuem para a realização de mudanças sustentáveis em nossos clientes, governos e sociedade civil.

Redação Negócios Pro Br

Redação Negócios Pro Br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.