MENU

O que a falta de etiqueta da Karol Conká já custou para a cantora

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Já se foi a época em que comportamentos excêntricos eram aceitos para artistas. Atualmente, agir de forma politicamente incorreta pode representar um rombo nos negócios.

O mundo evolui a cada segundo, tecnologias seguem revolucionando as nossas vidas, APPs “bombam” trazendo um enfoque em relacionamento, network, troca de conteúdo, bussiness,  mas uma coisa que nunca mudará é a forma como as pessoas devem se relacionar umas com as outras. Respeito, empatia, gentileza e cordialidade.

O mau comportamento, a falta de empatia, passando muitas vezes pela falta de respeito e caindo na falta de educação, como vem acontecendo com a participante do Big Brother Brasil 21, Karol Conka, que segundo dados estimados até agora já perdeu o equivalente a três vezes o valor do prêmio do reality em cancelamentos de contratos, isso assusta, chama a atenção e preocupa.

Já algum tempo, mais de 90% dos casos de demissões estão ligados ao comportamento inadequado e isso é algo grave que devemos parar, refletir e educar as nossas crianças e jovens, porque somente conhecimentos técnicos não serão garantias de um futuro promissor.

O meu direito termina onde começa o do outro. Linha tênue essa mas que existe e deve sim ser respeitada. Temos que lembrar que também temos obrigações e uma delas é respeitar a opinião do outro, não agredir, não invadir o espaço, pedir licença, não gritar e escutar. Respeitar. Tudo isso nos parece muito familiar, não é mesmo? Sim, sim, a velha e boa educação que devemos receber em casa.

Marcas estão cada vez mais procurando os influenciadores que dão ótimos resultados, porém nenhuma marca quer associar sua reputação à pessoas intransigentes, sem empatia, egoístas e agressivas. Ou seja, pessoas que acreditam que  estão acima de todos e de tudo, somente pela conquista de um nome, aliás, nome esse que poderá ser perdido de uma hora pra outra.

A tal “reputação” que as empresas e pessoas demoram anos para conquistar pode simplesmente desaparecer como fumaça por atitudes impensadas, comportamentos antipáticos e desrespeitosos.

A nova cultura do “cancelamento” pode tirar essa pessoa do topo. Agora será que os canceladores também não estão agindo de forma cruel com os cancelados?

Algumas vezes, sim, mas outras nem tanto. Porquê alguns comportamentos como racismo,  xenofobia, homofobia, autoritarismo não têm mais espaço nos dias de hoje. Já estamos cansados, mas a rigidez não leva ninguém a lado nenhum, e o respeito cabe a todos. Observemos a boa e velha etiqueta, que nos dá uma série de indicações de comportamento e todos eles são sempre baseados no respeito, prezando pela ordem e pelo bem estar de todos. Como diria o poeta das Ruas, “gentileza gera gentileza”. Vamos agir com mais amor porque o mundo precisa, e no mundo dos negócios, cada vez mais, exige pessoas preparadas, com inteligência emocional, que saberem lidar com adversidades porém sempre e sempre com respeito e empatia.

Publicidade

Mais Publicações como esta

Brief Semanal 20.09.2021

Por Massimiliano Cervo Sem dúvida, a primeira parte de cada mês é a que fornece os dados mais importantes, que afinal é

Brief Semanal 13.09.2021

Por Massimiliano Cervo Uma semana que prometeu muito mais em termos de movimentos nos principais ativos está chegando ao fim, embora no

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.