Como iniciar uma carreira em TI?

Compartilhe nas Mídias Sociais

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Por Priscilla Mariano

O mercado de tecnologia está mais aquecido do que nunca. Ao mesmo tempo em que a demanda por profissionais do ramo vem aumentando cada vez mais por empresas de todo segmento – especialmente devido à transformação digital impulsionada pela pandemia – o interesse em ingressar nessa área vem se tornando altamente popular entre os jovens.

Segundo dados do Banco Mundial, a expectativa é de que até 2024 haja a criação de novas 420 mil vagas na área de Tecnologia da Informação. As perspectivas para esse setor são muito positivas, contudo, este mercado também vem enfrentando um contraste preocupante: uma dificuldade de contratação.

A alta competitividade do mundo corporativo impulsionada pela pandemia, gerou um aumento da rigorosidade da contratação de profissionais de TI cada vez mais qualificados e preparados para lidar com as constantes transformações e mudanças características desse mercado. Inclusive, isso vem acontecendo em organizações que não operam diretamente no setor de tecnologia, mas que necessitam desses profissionais para digitalizarem seus processos e atenderem as demandas de seus clientes de forma online.

As possibilidades de crescimento e destaque para quem trabalha nesse ramo são enormes – mas para isso, é necessário construir uma jornada assertiva desde o momento de ingresso na universidade. Existem muitos caminhos e escolhas a serem tomadas para se tornar um profissional de TI, e uma decisão errada pode impedi-lo de conquistar grandes oportunidades.

Para quem está começando a construir uma carreira em TI, o primeiro passo é definir a área de especialização desejada. Existem diversas possibilidades de atuação no mercado, cada uma com suas necessidades e exigências de conhecimentos e habilidades – portanto, escolha a que lhe chamar maior atenção e invista em se aprofundar.

Em todas elas, alguns conhecimentos que podem servir como base de aprendizado são: linguagem de programação (Python, JavaScript, PHP); design de experiência do usuário; HTML e CSS; Git, Unity e SQL; e protocolos de segurança virtual.

Com esse objetivo em mente, trace o caminho certo para conquistá-lo. Busque por cursos complementares específicos sobre o que deseja aprender, eles são ótimas fontes de especialização com propostas flexíveis e tão eficientes quanto as ementas universitárias.

Agora, não podemos falar sobre investir nos estudos sem incluir o aprendizado em línguas estrangeiras – principalmente o inglês. Boa parte das tecnologias e sistemas usados no dia a dia dos profissionais vêm do exterior, e portanto, são programados e escritos em outra língua. É impossível trabalhar nessa área sem ter esse conhecimento, então invista nele desde cedo.

Por fim, nunca deixe de praticar tudo o que aprender. O setor de tecnologia está em constante evolução e transformação, e ficar desatualizado frente a tantas mudanças não é uma opção.

Um profissional de TI deve ser um entusiasta nato, curioso e proativo. Essa área é uma mina de ouro para quem deseja de aventurar, com amplas oportunidades de crescimento especialmente nessa era de inclusão digital. Para aqueles que desejam iniciar uma carreira no setor, o planejamento e aprendizado constante são as grandes chaves para o sucesso.

Priscilla Mariano é diretora acadêmica na escola de tecnologia Skill Lab Brasil.

Sobre a Skill Lab Brasil:

https://skilllabbrasil.com.br/

Criada pelo SEDA Education group, a escola oferece cursos tecnológicos qualificados voltados para o mercado de trabalho, com o objetivo de capacitar empresas e pessoas em prol de um mercado tecnológico de experiência.

Redação Negócios Pro Br

Redação Negócios Pro Br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.